Olá, é um prazer ter sua companhia !

"Brincar com crianças não é perder tempo, é ganhá-lo; se é triste ver meninos sem escola, mais triste ainda é vê-los sentados enfileirados em salas sem ar, com exercícios estéreis, sem valor para a formação do homem."

( Carlos Drummond de Andrade )


sábado, 30 de maio de 2009

Pedagogia das Diferenças.....

Aprendendo sobre as diferenças





Consciência negra


Meninos de todas as cores...

Era uma vez um menino branco chamado Miguel, que vivia numa terra de meninos brancos e dizia:
É bom ser branco
porque é branco o açúcar, tão doce,
porque é branco o leite, tão saboroso,
porque é branca a neve, tão linda.
Mas certo dia o menino partiu numa grande viagem e chegou a uma terra onde todos os meninos eram amarelos. Arranjou uma amiga chamada Flor de Lótus, que, como todos os meninos amarelos, dizia:
É bom ser amarelo
porque é amarelo o Sol
e amarelo o girassol
mais a areia da praia.
O menino branco meteu-se num barco para continuar a sua viagem e parou numa terra onde todos os meninos são pretos. Fez-se amigo de um pequeno caçador chamado Lumumba que, como os outros meninos pretos, dizia:
É bom ser preto
como a noite
preto como as azeitonas
preto como as estradas que nos levam para
toda a parte.
O menino branco entrou depois num avião, que só parou numa terra onde todos os meninos são vermelhos.
Escolheu para brincar aos índios um menino chamado Pena de Águia. E o menino vermelho dizia:
É bom ser vermelho
da cor das fogueiras
da cor das cerejas
e da cor do sangue bem encarnado.
O menino branco foi correndo mundo até uma terra onde todos os meninos são castanhos. Aí fazia corridas de camelo com um menino chamado Ali-Babá, que dizia:
É bom ser castanho
como a terra do chão
os troncos das árvores
é tão bom ser castanho como um chocolate.
Quando o menino voltou à sua terra de meninos brancos, dizia:
É bom ser branco como o açúcar
amarelo como o Sol
preto como as estradas
vermelho como as fogueiras
castanho da cor do chocolate.
Enquanto, na escola, os meninos brancos pintavam em folhas brancas desenhos de meninos brancos, ele fazia grandes rodas com meninos sorridentes de todas as cores.
Meninos de todas as cores, Luísa Ducla Soares
Aventura das Letras
Porto, Porto Editora, 2003

Consciência negra - Menina bonita



1) Leia com atenção:
Menina bonita do laço de fita

(Ana Maria Machado)

Era uma vez uma menina linda, linda.
Os olhos dela pareciam duas azeitonas pretas, daquelas bem brilhantes.
Os cabelos eram enroladinhos e bem negros, feito fiapos da noite. A pele era escura e lustrosa, que nem o pêlo da pantera negra quando pula na chuva.
Do lado da casa dela morava um coelhinho branco.
O coelho era apaixonado pela cor da menina, e queria descobrir como ficar negro.
No final, o coelho entendeu que cada um tem a cor herdada de seus antepassados. E que para ter uma filha pretinha como a menina teria que casar-se com uma coelha "escura como a noite".


2) Responda:

a) Como eram os olhos da menina?



b) Como eram os cabelos da menina?



c) Quem morava do lado da casa da menina?



d) O que o coelho queria descobrir?




Produção de texto: Desenho e descrição do rosto de pessoas negras importantes para os alunos.

* Música: Incandescente ser – Cidade negra (Ouvir e cantar)


INCANDESCENTE SER – Cidade negra

Acredito eu que as coisas estão em
transformação
Acredito que, dentro do ser, há solução
Quem sabe a verdade tem explicação
Uma chave exposta na palma de sua mão
Do futuro homem, que será o de amanhã

Pergunte o que é que houve
Já houve muita transformação
Pergunte o que é que houve
(BIS)
Já houve muitos mundos bons
Pra quem buscou em sua própria
solução

Vamos nos unir para a transformação
De uma pátria e um mundo sem
discriminação
Na igualdade do ser
(BIS)
para o bem de nossa nação

Aula sobre consciência negra2

Aula sobre Consciência negra



Escola: ____________________________________
Data: _____________________
Professora: _____________________
Aluno(a): _____________________
Turma: _____________________

* Roda de leitura: Poema “Negritude”

* Conversa sobre negros que fizeram História...
A discriminação e a luta dos negros até os dias de hoje...

1) Leia com atenção:

Quem foi Zumbi?

Zumbi era negro, filho de escravos.
Nasceu em 1656, em Alagoas.
Foi criado por um padre que lhe deu o nome de Francisco.Aprendeu a ler e escrever e aos 15 anos fugiu para o Quilombo de Palmares, numa zona de floresta, em Pernambuco.
Ajudou muito na luta dos escravos pela liberdade.
Foi traído e morto no dia 20 de novembro de 1695.
Em sua memória, no dia 20 de novembro comemora-se o “Dia da Consciência Negra”.


2) Responda:

a) Quando Zumbi nasceu?


b) Quem criou Zumbi?


c) Que nome Zumbi recebeu?


d) Para onde Zumbi fugiu, aos 15 anos?


e) Em que dia Zumbi morreu?




By Blog Profa. Gege*

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi! Solange, estou cursando Pedagogia, estava procurando idéias e achei seu blog que é lindo!Acho maravilhoso esse trabalho que vc faz,pois o curso de pedagogia esta tão desvalorizado que desanima, mas continue assim, vou te seguir. Abraço! Parabéns! Andréa
dea_blagojevic@yahoo.com.br

andrea disse...

Oi! Solange, como faço pra te seguir no blog, adoro todos seus trabalhos e dicas,gostaria de saber tbm o blog de Marcelo Darghan. Obrigada. Andréa.
dea_blagojevic@yahoo.com.br